Análise da prova de redação do vestibular UFU 2019

Situação A

A situação A solicita discussão muito relevante, sobretudo, porque trata da gestão de resíduos plásticos, que são especialmente problemáticos quando descartados no meio ambiente. Entendemos, além disso, que o texto de apoio é muito propício para sustentar a produção de uma carta em função da fartura de dados a respeito do assunto que podem ajudar tanto a escolher o trecho a ser parafraseado quanto para nortear a argumentação que será feita.

Sobre o destinatário da carta, embora entendamos que o candidato possa destinar a carta para o prefeito da cidade em que mora, ao invés de referir-se exclusivamente ao prefeito de Uberlândia, por exemplo, ele deverá discutir a respeito do assunto de forma adaptada à maneira como a cidade escolhida lida com seus resíduos plásticos.

No caso de Uberlândia, por exemplo, a situação é significativamente melhor do que na maioria das cidades brasileiras já que há coleta seletiva em grande parte da cidade, ecopontos instalados em algumas regiões da cidade, cooperativas de coleta seletiva de resíduos são bastante organizadas, etc. Tal fato obrigaria o candidato a construir uma argumentação voltada ao aprimoramento da gestão de resíduos, ao invés de propor a criação de uma.

Enfim, a atualidade da proposta é evidente, visto que tem crescido o movimento contra plásticos descartáveis, como é o caso das iniciativas da União Europeia que aprovou legislação restritiva em relação ao uso de plásticos na indústria, da cidade do Rio de Janeiro que baniu o uso de canudos plásticos, etc. Por isso, as realidades específicas da cidade mencionada no texto devem ser levadas em consideração no processo de construção da argumentação da carta.

Quanto à escolha do gênero, embora o termo “carta de solicitação” possa incomodar algum candidato, não vemos motivo para qualquer outra conduta que não seja a de elogiar a banca, porque trata-se apenas de uma carta impessoal com um objetivo explícito.

 

Situação B

A situação B, em nosso entendimento, também é muito pertinente para o momento atual, pois a dependência tecnológica, em especial, de redes sociais, é uma questão abrangente entre os candidatos. Ressaltamos inclusive que o texto de apoio oferece abordagem imprevista, mas fundamentada em pesquisa a respeito dos males psiquiátricos que não necessariamente redes sociais provocam em seus usuários. Entendemos também que o gênero textual escolhido – artigo de opinião – é muito adequado no que concerne o debate solicitado e que o texto de apoio contém vários trechos interessantes para serem a referência para a paráfrase obrigatória.

A proposta de redação é clara e objetiva, sem que haja razões para que o candidato possa se confundir em relação a algum dos comandos dela, ainda que seja solicitado que o candidato questione o estudo em relação às conclusões do estudo conduzido em universidades norte-americanas. Por isso, o ponto de vista defendido no texto deve tratar primordialmente das conclusões desse estudo, as quais apontam para o grupo de controle, que ficou um mês sem acesso ao Facebook, como beneficiado com cerca de uma hora a mais em média por dia livre e que passou a ser gasta com atividades como ver televisão ou estar em reuniões com amigos e parentes.

Há ainda aqueles que tiveram uma discreta variação nas suas opiniões acerca da satisfação com a vida, o que acreditamos ser um objeto de análise importante para o texto a ser feito.

Nesse contexto e em função do comando na proposta de redação que solicita o questionamento do estudo, entendemos que há várias linhas de raciocínio que podem ser seguidas, tais como: o número de três mil envolvidos na pesquisa pode ser visto como suficiente para se chegar a conclusões precisas sobre a conduta de todos os usuários do Facebook; a qualidade dos das perguntas dos questionários foi mesmo adequada para os objetivos da pesquisa; classes sociais, etnias e sexos diferentes estão bem representados de acordo com a população norte-americana ou mesmo de acordo com os indivíduos que têm perfil no Facebook, etc.

 

Situação C

A situação C representa, ao que nos parece, a proposta mais complexa entre as três opções da prova. A partir da leitura de um fragmento de um texto retirado da revista Superinteressante, o candidato foi instruído a escrever um editorial, gênero que se caracteriza por apresentar o posicionamento de uma instituição sobre um determinado tema, a respeito do direito de se criar cópias de um ser vivo.

Nesse caso, além de opinar sobre uma temática bastante controversa e técnica, a produção de indivíduos geneticamente iguais, o estudante era direcionado, pelo próprio texto motivador, no qual foi mencionado o exemplo da clonagem de um cachorro, a pensar, inclusive, na finalidade dessa prática. Dese modo, não é a clonagem humana que está em discussão, mas a clonagem de animais de estimação, procedimento complexo que envolve dor e sofrimento aos animais envolvidos.

Assim, em última instância, a discussão não deixa de ser também uma indagação a respeito dos direitos dos animais e até que ponto os serem humanos podem ou não usufruir da vida desses e utilizá-los em procedimentos sofríveis, como a clonagem, simplesmente para atender a caprichos ou a fragilidades sentimentais dos seres humanos.

Consideramos a discussão interessante, apesar de complexa, visto que a clonagem, há aproximadamente 20 anos era apenas uma “curiosidade” científica próxima ao universo da fantasia. Hoje, embora o processo seja uma realidade, inclusive comercial, é ainda um assunto distante das possibilidades da maioria das pessoas, embora nas aulas de Biologia tais assuntos possam ser abordados, sobretudo, no que tange a questões relativas à Genética e à Bioética. Contudo, o texto de apoio mais uma vez foi bem escolhido, porque oferece uma quantidade satisfatória de informações para se entender as implicações do debate e muitas oportunidades de escolha de um trecho para ser parafraseado.

Importante ressaltar a ênfase dada na proposta de redação para a necessidade de discussão sobre a dor e o sofrimento que fazer uma cópia de um ser vivo pode trazer para seres sencientes envolvidos no processo.

Equipe de Redação do Gabarito Pré-Vestibulares

Deixe uma resposta