Tema de redação 21N12 e sugestões de leitura – Cidades sustentáveis e humanizadas (Enem, Fuvest, Vunesp, Unicamp, Famema, Famerp, etc.)

Fonte: http://pawelkuczynski.com/


Indicações de leitura para o tema de redação 21N12

Palavras-chave – cidade, sustentabilidade, ecologia, urbanismo, futuro, urbanização, mobilidade urbana, moradia, exclusão, direito à cidade.

Texto 21T038

Texto 21T039

Texto 21T040

Texto 21T041

Tema de redação 21N12
Cidades sustentáveis e humanizadas

Texto 01

“Durante séculos, a humanidade quis construir cidades utópicas para realizar seus maiores desejos. Foi o caso de Chandigarh, a metrópole que Corbusier esboçou para acompanhar a nova Índia de Jawaharlal Nehru, que punha fim ao colonialismo britânico. Ou o laboratório ecoarquitetônico que o italiano Paolo Soleri e sua mulher, Corolyn Woods, construíram em 1970 no meio do deserto do Arizona sob o nome de Arcosanti.
Mas o que ocorre quando a criação de uma cidade precisa responder a uma necessidade forçosa, e não a um sonho de identidade no meio do nada? Os dados não enganam: o crescimento das cidades está escapando das nossas mãos. Em 2050, segundo um estudo da ONU, 68% da população mundial viverá em zonas urbanas. Para fazer frente a essa migração centrípeta descontrolada, a organização considera fundamental estabelecer o desenvolvimento urbano sobre objetivos sustentáveis, pondo o foco em moradia, transporte, energia, escolas, serviços sanitários e emprego, para poder satisfazer as necessidades dos cidadãos.
Para a Alphabet, empresa-matriz do Google, realizar essa proeza é uma questão de dados. O futuro só será sustentável se o ligarmos à criação de metrópoles inteligentes, baseadas na inteligência artificial, com uma alta conectividade propiciada por sensores e redes que permitam seu funcionamento autônomo. Soa a ficção científica? Em 2022 deixará de ser. A Sidewalk Labs, empresa de inovação urbana do gigante tecnológico, tornará realidade seu projeto mais ambicioso até o momento, criando uma cidade futurista chamada Quayside.
Aspecto atual da área portuária, ao sudeste do centro de Toronto, uma área industrial que ficou degradada com o abandono da atividade. Em vermelho, a zona de Quayside, a primeira que passará por mudanças do Google.
Aspecto atual da área portuária, ao sudeste do centro de Toronto, uma área industrial que ficou degradada com o abandono da atividade. Em vermelho, a zona de Quayside, a primeira que passará por mudanças do Google.
Essa ideia de construir um bairro a meio-caminho entre um Big Brother e as cidades ideais planejadas na Antiguidade de Platão e Aristóteles surgiu como resposta à solicitação das autoridades de Toronto que queriam revalorizar uma zona industrial em processo de abandono. Aquela anatomia sombria que serve de cenário ao filme A Forma da Água, de Guillermo del Toro, seria o lugar perfeito para criar o primeiro bairro do mundo construído a partir da Internet.”

Fonte: https://brasil.elpais.com/brasil/2020/02/20/estilo/1582204265_404361.html

Texto 02

“A digitalização promete melhorar a vida das pessoas nas cidades. Em cidades inteligentes como Tallinn, na Estônia, os cidadãos podem votar nas eleições nacionais e se envolver com o governo local via plataformas digitais, que permitem a assinatura de contratos e pagamento de impostos, por exemplo. Programas similares em Cingapura e Amsterdã tentam criar uma espécie de ‘governo 4.0’.
Além disso, a tecnologia vai permitir uma melhora na governança. Plataformas digitais possibilitam acesso, abertura e transparência às operações de governos locais e provavelmente irão mudar a forma como os governos interagem com as pessoas.”

Fonte: https://epocanegocios.globo.com/Tecnologia/noticia/2018/02/5-previsoes-para-cidade-do-futuro.html

Texto 03

“Em busca de mais oportunidades de trabalho, as pessoas seguem rumo às grandes cidades em um movimento que se dá desde a revolução industrial. Entretanto, cidades mais repletas de pessoas são insalubres e altamente poluídas, sendo um grande atrativo para doenças respiratórias e a proliferação de vírus. Segundo as Nações Unidas, projeta-se que 5 bilhões de pessoas morem nas cidades até 2030. A busca por uma solução mais ecológica fez um grupo de arquitetos italianos desenvolver o que eles chamam de a cidade autossustentável do futuro.
Para isto, o Luca Curci Architects propôs o The Link, um sistema vertical auto-sustentável projetado para acomodar 200 mil pessoas. O projeto possui quatro edifícios, sendo que o maior serviria como área residencial e uma variedade de espaços verdes espalhados pelos 300 andares. Esta torre residencial seria conectada a outros três prédios de escritórios, departamentos governamentais, instalações de saúde, instituições educacionais, varejo e outras comodidades.
A ideia é cobrir a cidade vertical com mais de 120 mil árvores e 2 milhões de plantas de mais de 150 espécies para ajudar a limpar o ar, reduzir o efeito da ilha de calor urbano e proporcionar aos moradores uma conexão mais próxima com a natureza. Em breve a proposta será apresentada às cidades ao redor do mundo.”

Fonte: https://www.hypeness.com.br/2020/06/a-cidade-autossustentavel-do-futuro-seria-assim-segundo-estes-arquitetos-italianos/

Texto 04

“Quando eu vou na cidade tenho a impressão de que estou no paraíso. Acho sublime ver aquelas mulheres e crianças tão bem vestidas. Tão diferentes da favela. As casas com seus vasos de flores e cores variadas. Aquelas paisagens há de encantar os visitantes de São Paulo, que ignoram que a cidade mais afamada da América do Sul está enferma. Com as suas úlceras. As favelas.” (Carolina Maria de Jesus, escritora brasileira – 1914-1977)

Texto 05

“Cidades cheias de vida têm essa maravilhosa habilidade, inata, de compreender, de comunicar, de concatenar e inventar o que será necessário para combater suas dificuldades.” (Jane Jacobs)

Proposta de redação 21N12A – dissertação – Fuvest, Vunesp, Uniube, Famema, Famerp, etc.

A cidade é o espaço símbolo máximo da civilização humana desde – ao menos – o início da Modernidade. Cidade, espaço de trocas, de encontros, de conflitos, de intolerância, de acordos e de exclusão. Diante dessas questões, faça uma dissertação argumentativa como resposta para a seguinte pergunta: o futuro da humanidade está nas cidades?

Instruções para a dissertação da proposta de redação A:
1. A situação de produção de uma dissertação argumentativa requer o uso da norma padrão da língua portuguesa, de linguagem objetiva, de argumentação científica e de terceira pessoa.
2. Não copie trechos dos textos de apoio.
3. Não assine.
4. O tamanho da redação deverá ser adequado ao concurso pretendido. Para tanto, é importante seguir os limites impostos pelas universidades até 2020: entre 20 e 30 linhas (Fuvest), 15 a 33 linhas (Vunesp), 25 e 30 linhas (Uniube), etc. Por isso, é imprescindível que a universidade pretendida seja informada com destaque logo após o código da proposta de redação na folha que será entregue para a correção. Do contrário, a correção levará em consideração a norma mais comum: 25 linhas como mínimo e 30 como máximo.
5. Dê um título a sua redação, caso a universidade pretendida o exija.

Proposta de redação 21N12B – dissertação – Enem.

A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo na modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema “Vida nas grandes cidades e sustentabilidade ecológica.”, apresentando proposta de intervenção, que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

Instruções do Enem para a prova de redação (proposta B):
1. O rascunho da redação deve ser feito no espaço apropriado.
2. O texto definitivo deve ser escrito à tinta, na folha própria, em até 30 linhas.
3. A redação com até 7 (sete) linhas escritas será considerada “insuficiente” e receberá nota zero.
4. A redação que fugir ao tema ou que não atender ao tipo dissertativo-argumentativo receberá nota zero.
5. A redação que apresentar proposta de intervenção que desrespeite os direitos humanos receberá nota zero.
6. A redação que apresentar cópia dos textos da Proposta de Redação ou do Caderno de Questões terá o número de linhas copiadas desconsiderado para efeito de correção.

Proposta de redação 21N12C – outros gêneros – Unicamp.

Escreva uma carta aberta para a sociedade brasileira sobre o futuro das cidades. Escolha uma instituição para assinar a carta que for pertinente ao tema.

Instruções da Unicamp para a prova de redação:
1. Este caderno contém duas propostas de redação. Você deverá escolher apenas uma delas para desenvolver.
2. Se quiser, faça um rascunho do seu texto. A folha de rascunho não será considerada pelos avaliadores. O rascunho poderá ser escrito a lápis.
3. A versão final do seu texto deverá ser feita com caneta esferográfica preta na folha reservada para a Redação.
4. Não haver nenhuma identificação pessoal (nome, sobrenome, etc.) nos textos.

Instruções adicionais para a proposta de redação C:
1. Se for o caso do gênero textual em questão, dê um título para sua redação.
2. Se a estrutura do gênero selecionado exigir assinatura, escreva, no lugar da assinatura: o que estiver expressamente informado no edital, no manual do candidato, etc., do vestibular pelo qual você se interessa, os quais são as fontes de informação mais confiáveis a respeito dessa questão. Em hipótese alguma, escreva seu nome, apelido, etc., na folha de prova. Na dúvida, melhor nunca assinar um texto de concurso.
3. Não copie trechos dos textos motivadores ao fazer sua redação, ainda que, em alguns concursos, seja importante estabelecer conexões entre as informações dos textos de apoio do tema de redação e o repertório cultural do candidato. No caso da Unicamp, é imprescindível fazer menções a dados e informações presentes no (s) texto (s) de apoio.
4. Respeite o mínimo e o máximo de linhas associado à prova de redação para a qual você se prepara. Contudo, normalmente, o mínimo usado é de 25 linhas e o máximo de 30, ou algo similar na maioria dos concursos no Brasil. No caso da Unicamp, os textos devem ter até 22 linhas.

Proposta de redação 21N12D – outros gêneros – UFU.

Escreva uma carta de solicitação com o intuito de cobrar da prefeitura de sua cidade algum tipo de intervenção no sentido de conservar espaços públicos, consertar problemas em vias públicas, etc.

Instruções da UFU para a prova de redação:
1. Você encontrará duas situações para fazer sua redação. Leia as situações propostas até o fim e escolha a proposta com a qual você tenha maior afinidade.
2. Após a escolha de um dos gêneros, assinale a opção no alto da Folha de Resposta e, ao redigir seu texto, obedeça às normas do gênero.
3. Se for o caso, dê um título para sua redação. Esse título deverá deixar claro o aspecto da situação escolhida que você pretende abordar.
4. Se a estrutura do gênero selecionado exigir assinatura, escreva no lugar da assinatura: JOSÉ ou JOSEFA.
5. Em hipótese alguma, escreva seu nome, pseudônimo, apelido, etc. na folha de prova.
6. Utilize trechos dos textos motivadores, parafraseando-os.
7. Não copie trechos dos textos motivadores ao fazer sua redação.
ATENÇÃO: se você não seguir as instruções da orientação geral e as relativas ao tema que escolheu, sua redação será penalizada.

Instruções adicionais para a proposta de redação D:
1. Faça a paráfrase de um trecho de qualquer um dos textos de apoio, exceto se houver referência a um texto específico na proposta de redação D.
2. Se for o caso do gênero textual em questão, dê um título para sua redação.
3. Se a estrutura do gênero selecionado exigir assinatura, escreva, no lugar da assinatura: o que estiver expressamente informado no edital, no manual do candidato, etc., do vestibular pelo qual você se interessa, as quais são as fontes de informação mais confiáveis a respeito dessa questão. Em hipótese alguma, escreva seu nome, apelido, etc., na folha de prova. Na dúvida, melhor nunca assinar um texto de concurso.
4. Não copie trechos dos textos motivadores ao fazer sua redação. Ainda que, em alguns concursos, seja importante estabelecer conexões entre as informações dos textos de apoio do tema de redação com o repertório cultural do candidato. No caso da UFU, é imprescindível fazer uma paráfrase de um trecho de um dos textos de apoio para inclui-la em alguma passagem do seu texto.
5. Respeite o mínimo e o máximo de linhas associado à prova de redação para a qual você se prepara. Contudo, normalmente, o mínimo usado é de 25 linhas e o máximo de 30, ou algo similar na maioria dos concursos no Brasil. No caso da UFU, os textos devem ter entre 25 e 34 linhas.

Deixe uma resposta